No dia 16/08 comemora-se o Dia do Filósofo, uma data criada para homenagear os profissionais que se empenham em contemplar sobre a existência humana, da natureza, do Universo, dos valores éticos e morais e as suas transformações, da política e da religião. É uma data significativa para a sociedade atual, pois sem as teses e teorias de muitos dos grandes pensadores da antiguidade (nomes como Platão, Aristóteles e Sócrates), não seria possível o surgimento da mentalidade atual. 


Filósofo e também humanista, Fernando Moraes utilizou desses e muitos outros pensadores na obra Um amor em movimento. Voltaire, Schopenhauer, Deleuze, Satre e demais filósofos modernos tiveram algumas de suas teorias expostas de forma simples para o leitor compreender. Da mesma forma, o autor introduz um conceito de aprendizagem muito utilizado pelo próprio Aristóteles em sua antiga escola: o estudo peripatético, no qual o pensador incentiva a linha de pensamento unida ao movimento, ao andar.

O movimento e as reflexões da vida

Sucesso de vendas da Livraria Cultura, Um Amor em Movimento, do humanista Fernando Moraes, é a obra perfeita para compreender a filosofia do sentimento

Imagine compreender os maiores pensadores da humanidade, em uma simples caminhada? Essa é a proposta no romance Um Amor em Movimento escrito pelo palestrante e filósofo humanista Fernando Moraes. Englobando as teorias e conceitos de outros filósofos e figuras de relevância para a sociedade atual, o autor consegue repassar as principais noções para a compreensão dos sentimentos mais profundos entre nós: amor, amizade, alegria, afeto.

O método de caminhar e aprender sobre a filosofia ao mesmo tempo leva o nome de peripatético, e foi muito utilizado por Aristóteles e os discípulos para discutir sobre os pensamentos enquanto andavam em meio aos jardins do Liceu. O grande pensador acreditava que “o movimento do corpo que se exercita ao caminhar trazia mais irrigação para o cérebro, melhorando assim as performances cognitivas”.

Um dos livros mais vendidos da Livraria Cultura, Um Amor em Movimento, narra a história de Joan Garcezm prodessor de uma importante universidade e que acredita que a filosofia deve impactar o coração das pessoas, despertando vontades, desejos, sonhos e desafios. Já Martina Perez, filha de médicos de uma família tradicional de Santiago, sempre se sentiu incomodada com o meio social em que foi criada, rodeada pelo luxo e pela riqueza. Os dois se conhecem de forma pouco convencional e, após alguns rápidos encontros, iniciam um desafio peripatético. Juntos pensarão em alternativas para a construção de um novo estádio social de convivência.

Discutindo teorias de grandes nomes como Voltaire, Shopenhauer, Guilles Deleuze, Jean-Paul Sartre, e muitos outros, Fernando Moraes consegue mesclar o romance de dois personagens de vidas, origens e ideologias diferentes, para abrir a cabeça do leitor nas diversas questões que permeiam os sentimentos e a filosofia contemporânea.

Compartilhar