De acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mais de 62 milhões de brasileiros terminaram 2018 com débitos pendentes, havendo aumento de 4,41% no número de pessoas com dívidas em atraso. Com isso cresce também o número de pessoas em busca de uma solução financeira para fugir destas contas em aberto, que na maioria das vezes têm juros altos.
O que muitos brasileiros ainda não sabem é que com a chegada das fintechs no país nos últimos anos, todo o processo para concessão de crédito se tornou mais fácil, rápido e acessível. O consumidor pode tomar um empréstimo sem sair de casa, pelo seu computador ou celular, e ter a melhor taxa para o perfil dele e um atendimento transparente que lhe permite realmente entender o que está pagando.


A Lendico, uma das primeiras fintechs do Brasil de empréstimo pessoal online, já atendeu mais de 38mil clientes e emprestou mais de R$ 316milhões em crédito pessoal desde 2015.
Mesmo com o grande número de pedidos de empréstimos voltados ao pagamento de dívidas, a fintech observou em determinadas regiões do país um aumento do número de pessoas que estão buscando o crédito pessoal para abrir um negócio ou mesmo para viajar.
Em uma comparação de novembro de 2018 e dezembro do mesmo período, a Lendico observou aumento de 121% nas solicitações de empréstimo para viagens e férias.

Compartilhar