Tecnologia possibilita visualizar declarações de cinco anos atrás e oferece formulário pré-preenchido aos contribuintes

Os contribuintes que precisarão acertar as contas com o Leão já podem solicitar às empresas seus informes de rendimento para que possam se preparar para preencher a declaração de Imposto de Renda 2019, ano-base 2018, que deve ser enviada até o dia 30 de abril. Aqueles que possuem Certificado Digital podem acessar declarações anteriores e, até mesmo, obter o formulário pré-preenchido, com as informações das fontes pagadoras, minimizando as chances de inserir informações equivocadas.

Dentre os valores que precisam constar na declaração do IR estão gastos com educação, saúde, previdência privada, aplicações financeiras, compra e venda de bens móveis e imóveis, conforme orienta o contador parceiro da Certisign, Nivaldo Cleto. O especialista recomenda, ainda, uma conferência detalhada em todos os documentos, pois é comum que existam divergências nos valores informados pela empresa ao Fisco e o que é de conhecimento do contribuinte.

“Antes de enviar sua declaração de Imposto de Renda, confira muito bem cada um dos informes recebidos, pois, se forem identificadas inconsistências entre o que foi declarado e o que está presente nos comprovantes, o documento ficará retido em malha fiscal”, explica.

Certificado Digital e seus benefícios na hora de declarar

Para evitar dores de cabeça com possíveis diferenças o especialista recomenda aos contribuintes que utilizem o Certificado Digital no processo de preenchimento da declaração. Cleto informa que a totalidade dos clientes que faz o IR Pessoa Física com ele, regra geral, utilizam o Certificado Digital, reduzindo muito a possibilidade de desencontro de informações.

O uso dessa tecnologia permite obter as informações enviadas à Receita Federal do Brasil pelas Fontes Pagadoras, que devem ser utilizadas nesta ocasião, mesmo que o contribuinte ainda não tenha recebido o informe de rendimento da fonte, além de poder corrigir todas as informações em tempo real.

“Com o Certificado Digital o contribuinte pode, também, acessar as declarações enviadas nos últimos anos, o que possibilita o cruzamento de dados e reduz ainda mais as chances de cair em malha”, explica Cleto, que destaca também outra facilidade atrelada ao uso do desse dispositivo: a declaração pré-preenchida.

Nesta modalidade, o contribuinte precisa apenas conferir os dados previamente informados pelo Fisco. Se necessário, ele pode acrescentar ou corrigir informações.

Certificados compatíveis

O e-CAC, onde o contribuinte pode baixar a declaração pré-preenchida e checar demais informações, é compatível com os Certificados Digitais armazenados no computador, token, cartão e, mais recentemente, na nuvem, também chamado remoteID.

Abatimentos

Cleto alerta, ainda, para que os declarantes fiquem atentos ao que pode ser abatido do Imposto de Renda. Podem ser descontados os gastos com saúde, educação, dependentes, pagamentos de previdência oficial (descontada na folha de pagamento) e privada e, ainda, valores pagos a título de pensão alimentícia.

Cada uma destas deduções tem alíquotas e valores limite que precisam ser respeitados, sob o risco de o declarante ter sua declaração retida para correção das informações.

Quem deve declarar

Devem enviar a declaração de Imposto de Renda 2019, ano-base 2018, todos aqueles que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, rendimentos isentos e/ou tributáveis exclusivamente na fonte acima de R$40.000,00 ou de rendimentos recebidos pela prática de atividade rural acima de R$ 142.798,50 e contribuintes com imóvel ou terrenos em suas posses, com valor superior a R$ 300 mil.

Sobre a Certisign

A Certisign é a Autoridade Certificadora líder da América Latina e especialista em Identificação Digital. Com mais de 1.800 Locais de Atendimento por todo o Brasil, já emitiu mais de 10 milhões de Certificados Digitais ao longo de seus 22 anos. A empresa tem em seu portfólio de clientes as companhias mais representativas do País e está entre as empresas mais inovadoras, de acordo com as pesquisas “Inovação Brasil 2016″, da Strategy & Consultoria Estratégica do País”, da DOM StrategyPartners.

Compartilhar