NOTA FERNANDO JOSÉ DA COSTA ADVOGADOS

Sobre Arnaldo Malheiros Filho: 

“Certo dia o advogado Paulo José da Costa Jr., defendendo seu cliente, foi expulso de uma audiência por um juiz. Voz de prisão por ambos os lados, do juiz por desacato, do advogado por abuso de autoridade. Em defesa de nossas prerrogativas coube à OAB defender seu advogado e por ironia do destino coube a Arnaldo Malheiros Filho a defesa de meu amado pai.

Passadas duas décadas, relembrei meu amigo Arnaldo deste episódio e para meu espanto e alegria narrou o caso com riqueza de detalhes, discutindo as teses defensivas dizendo: “defendi com satisfação a advocacia, representada neste ato por meu querido professor”. Este era Arnaldo Malheiros Filho um “advogado dos advogados”…”  

Fernando José da Costa, titular do escritório Fernando José da Costa Advogados


NOTA MOREAU ADVOGADOS

“Ao longo dos últimos vinte anos tive o privilégio da convivência profissional e pessoal com Arnaldo Malheiros. Pude contar com seu suporte e aconselhamentos de casos superimportantes aos mais simples. Sua maneira de se expressar estimulou-me diversas vezes a convidá-lo para dar aulas na Casa do Saber. A agenda pesada foi sempre um empecilho. Mas isso não impediu que aceitasse a missão de escrever uma das histórias da obra Grandes Crimes. Seus ensinamentos permanecerão conosco. Sentimentos à família”.

Pierre Moreau, sócio da Casa do Saber, titular do Moreau Advogados.


NOTA DAVID RECHULSKI ADVOGADOS

“É com tristeza que vemos mais um ícone da advocacia criminal nos deixar! Que sua memória siga viva no meio profissional, sobretudo como exemplo de honradez, ética e refinada técnica! ”

David Rechulski, sócio do David Rechulski Advogados

Fonte: Cleinaldo Simões

Compartilhar